Diario de Produção - A Saga

25 de Janeiro de 2017

Saudações a todos!

Emocionados e cansados! É assim que podemos definir nossos sentimentos agora. Quando Possessão Arcana começou a sair do papel - na visão de Thiago H. Ferri com a colaboração e apoio de sua esposa Naiara Corá, e mais tarde eu, Renato Morroni, me juntando na criação e aperfeiçoamento do jogo - não imaginávamos a que ponto teríamos que chegar para concluir esse sonho.

Sim amigos, Possessão Arcana está pronto e logo todos receberão seus jogos. Porém, nossa experiência na produção do jogo foi tão intensa, que não podíamos deixar de compartilhar nossa aventura. E foi assim que tudo começou...


CRIAÇÃO E AJUSTES

Depois de ter criado o conceito básico do Possessão Arcana, foram meses fazendo os ajustes e testes para deixar o jogo equilibrado e desafiador. As maiores mudanças aconteceram depois do jogo ter sido apresentado em eventos, onde pudemos coletar a opinião dos jogadores e afinar o desempenho das partidas.


PLANEJAMENTO

Era hora de se planejar para o que estava por vir. Nos programamos para realizar a Pré-Campanha de Financiamento Coletivo, preparamos as metas estendidas, ajustamos os cronogramas dos ilustradores, montamos planilhas de controle para a produção de componentes, contatamos fornecedores, preparamos material gráfico, criamos sistemas de controle, entre tantos outros processos de preparação para fazer Possessão Arcana virar realidade.


FINANCIAMENTO COLETIVO

Sucesso! Tudo correu como planejado, atingimos várias metas durante o Financiamento Coletivo, muita gente apoiou a ideia, recebemos elogios e começamos a ver o sonho virar realidade. Foi gratificante encerrar a campanha com o apoio de todos, e já imaginávamos o jogo 'vendo' mesas pelo Brasil afora. Muito bem, era hora de começar a produção de fato!


O PRIMEIRO TOMBO

Ilustradores cumprem com seus prazos e o material gráfico restante para produção foi preparado e enviado para a gráfica na qual estávamos em contato há meses. Ansiosos com o resultado, aguardamos o prazo estipulado de 3 meses. Enquanto isso, outros fornecedores já confeccionavam os outros componentes, como acrílicos, bases para personagens, dados, entre outros. Tudo corria bem, até que fomos retirar o primeiro lote do material impresso. Foi ai que as coisas viraram! Todo o material impresso estava com problemas de corte e alinhamento. Era impossível comercializar algo naquelas condições. Pedimos para refazer, e tivemos que aguardar mais um prazo de um mês, até termos a notícia de que a gráfica não iria fazer mais nosso material, pois não tinham mais verba e nem capacidade de produção. 


REFERÊNCIA

Desesperados com o prazo de entrega do jogo encerrando, corremos atrás de amigos e conhecidos do hobby em busca de referências para a produção do jogo. Foi então que escolhemos uma gráfica conceituada em SP, que já havia rodado jogos de muitas editoras nacionais, e mesmo pagando um valor maior do que a gráfica anterior, dessa vez, queríamos garantir a qualidade!


ALJUBARROTA E MILLIONS

Para quem desconhece, enquanto o jogo Possessão Arcana estava em produção na primeira gráfica, tivemos a oportunidade de trazer para o Brasil dois jogos portugueses, criados por David Mendes, o Aljubarrota: A Batalha Real e Millons: O Último Soldado. Realizamos uma campanha de pré-venda junto aos lojistas, para entregar os jogos junto com o Possessão Arcana, já que a ideia foi produzir os três jogos juntos na mesma gráfica, e por ser dois jogos 'fillers', sua produção seria bem rápida.


PRAZOS ESTOURADOS

Enviamos os arquivos dos três jogos para a nova gráfica, na qual nos encaixou em sua linha de produção, e pediu o prazo de 2 meses para finalização. Chateados com a situação tivemos que informar nossos amigos apoiadores, de que a entrega do jogo teria um atraso. Infelizmente, esse prazo que a gráfica pediu parecia plástico bolha, estourava sempre que apertávamos eles cobrando o material pronto. Semana após semana, os prazos estouravam, mas só tínhamos a continuar pressionando, afinal era uma gráfica conceituada. Informar a situação aos apoiadores começou a ser bem constrangedora, até que chegamos no limite!


12 HORAS DE ESTRADA

O gerente de produção da gráfica e o proprietário, diziam que o jogo estava em fase final de produção e depois de muita insistência, conseguimos agendar uma data para visitar a gráfica e começar o processo de empacotamento e envio diretamente da gráfica para os apoiadores. Isso aconteceu logo depois de virar o ano, dia 2 de janeiro de 2017 estávamos chegando na gráfica!


A DECEPÇÃO

Chegamos animados na gráfica! Mas em questão de minutos, nosso sonho se transformou em pesadelo. A tal gráfica conceituada só tinha cerca de 60% do material impresso e NADA mais. Pra quem não conhece o processo de produção de um jogo, não basta imprimir. O material que foi impresso tem que ir para o empastamento (colagem dos impressos no cartonado), depois vai para o corte, separação, intercalação, lacração e por fim realiza-se a montagem do jogo. 80% desses processos são feitos manualmente. Sim amigos, além de faltar impressões, faltava o nosso material passar por todos estes processos.


SE ESTÁ RUIM, FICOU AINDA PIOR

Acreditem, esse era o menor dos problemas que encontramos. Descobrimos que a gráfica estava falida, e 80% dos funcionários já tinham sido mandado embora, e os poucos que encontramos ali, foram os grandes salvadores e anjos da Sherlock S.A. Além de faltar fazer todos os processos e imprimir material, enfrentamos problemas com diferenciação de cores nas impressões, cortes errados, falta de matéria prima como papel, cartonado e cola, maquinário quebrando e sendo vendido, entre tantos outros que nos arrepia só de lembrar.


A GRÁFICA FALIU

O proprietário literalmente abandonou a gráfica. O pouco das coisas que aconteciam ali, era graças ao esforço de funcionários que segundo eles, não recebiam mais seus salários e estavam indo na esperança de receber. Não tinha controle de nada mais ali dentro, e o proprietário e gerente de produção apareciam final da tarde por 10 minutos e sumiam. Era difícil de acreditar, mas no tempo que ficamos por lá, mais 4 funcionários receberam suas contas!


ARREGAÇAMOS AS MANGAS

Nosso compromisso com nossos amigos apoiadores não poderia acabar ali. Não queríamos mais saber do rendimento financeiro de nosso trabalho, até porque já estávamos no prejuízo. Conversamos com ex-funcionários e contratamos eles por fora. Arregaçamos as mangas, fizemos uma força tarefa e colocamos a mão na massa. Amigos, esposas, mães, namoradas foram convocados para ajudar como podiam. Acreditem se quiser, mas a Sherlock. S.A. passou a gerenciar toda a produção da tal gráfica conceituada. Com pelo menos o aval do proprietário, pudemos estar ali na linha de frente comandando enfim a produção dos nossos jogos. Podemos afirmar que literalmente 'pagamos para trabalhar'. 


PERSITÊNCIA

Temos que confessar que não foi fácil. Foram 22 dias ininterruptos de trabalho intenso das 7 às 22 horas para produzir os nossos três jogos. Houveram dias que varamos a madrugada adentro trabalhando e emendando com o dia seguinte. Literalmente gerenciamos a linha de produção, tomando decisões difíceis, contatando fornecedores, resolvendo problemas. Finalizamos primeiramente o Aljubarrota e Millions, que concluimos em 3 dias, e depois pegamos os outros 17 dias para produzir o Possessão Arcana. Além de tudo, o local não tinha condições de trabalho ideal, eram 13 a 15 horas de trabalho por dia de pé, indo e vindo, carregando, destacando, contando, conferindo, colando, cortando, empacotando, separando...


MIMIMI

O prejuízo da produção aumentou mediante o fato de termos que viajar 2 horas todos os dias para ir e vir para a gráfica, alimentação, gasolina, pedágio, contratação de funcionários, caixas de dorflex e gelol. Quando achávamos que não íamos ter mais nenhuma tipo de problema, aparecia um pior. O local não tinha condições adequadas de trabalho, mas mesmo assim a equipe da Sherlock S.A. não arredou o pé. Tinha dias que os problemas que apareciam, nos fazia pensar em desistir de tudo, mas entre nós, um dava forças para o outro. Depois das 5 horas de trabalho em pé, sentar era o único desejo... mas durava apenas 2 minutos, logo estávamos de pé novamente para mais e mais horas de trabalho. Acreditem se quiser, mas tivemos problemas em TODOS os processos de produção!




HÁ MALES QUE VEM PARA O BEM!

Sim, foi uma maratona épica. Mas, ainda bem que estávamos na linha de frente, pois se a gráfica, por alguma razão fosse terminar nossos jogos (o que ficou claro que isso não iria acontecer), eles chegariam nas mãos dos nossos clientes sem qualidade nenhuma!  


ENFIM, PRONTOS! E MAIS 12 HORAS DE ESTRADA

Depois dessa maratona, longe de nossas vidas pessoais e profissionais, concluimos finalmente a nossa própria produção dos jogos. A Sherlock S.A. tem a satisfação e acima de tudo orgulho de lançar oficialmente os jogos Possessão Arcana, Aljubarrota e Millions. 

De volta a casa, estamos esperando a transportadora chegar com os jogos e em breve começar os envios.


AS FALHAS

Amigos, acreditem, fizemos de TUDO para contornar todos os tipos de problemas que tivemos na produção. Não tínhamos tempo para refazer, faltava material, condição, tempo! Tenham certeza que não queríamos ter falhado em nada, mas infelizmente algumas coisas tiveram que passar! Vamos citar aqui a maior falha da produção, para que não haja dúvidas. Sim, tivemos VARIAÇÔES DE CORES em partes do nosso material impresso. Tentamos minimizar ao máximo isso, mas não tem como negar. Infelizmente é algo que não teremos como contornar mais, mediante até mesmo a situação que estávamos.


CONTAMOS COM VOCÊS

Só temos a agradecer a todos pela paciência e pelo apoio que deram a Sherlock S.A. Tenham certeza que toda essa experiência nos ensinou muito, em todas as etapas e processos, e vamos levar isso adiante para nossos próximos projetos. Foi bem traumatizante, mas não vamos desistir. Logo, os apoiadores, e depois os lojistas, estarão recebendo os jogos em suas casas e a espera estará terminada. Mais do que nunca, contamos com a compreensão de todos neste momento, e estaremos a disposição para esclarecer quaisquer dúvidas relacionadas aos nossos jogos.


ALEGRIAS, BRINCADEIRAS, TRISTEZAS E RECOMEÇOS

Por muitas vezes ficamos tristes e chateados, mas felizmente tínhamos um ao outro para incentivar e continuar, apesar de toda pressão, cansaço ainda tínhamos nossa parcela de bom humor que sem ele não teríamos conseguido.


AH, E O ENVIO DOS JOGOS COMEÇARÃO A PARTIR DA SEMANA QUE VEM! (Se Deus Kalek não nos castigar mais!)


Os guerreiros da batalha de 23 dias.


Obrigado conjuradores, e até breve!

Equipe Sherlock S.A.

 Thiago H. Ferri, Renato Morroni, Naiará Corá


Sherlock S.A.
contato@sherlocksa.com.br

Rua Palmas,580
Francisco Beltrão - PR
85605-060

Todos os direitos reservados a Sherlock S.A.